Como fazer o desbloqueio automático via SAC / Minha conta

Todos os meses nossos sistemas fazem o mapeamento das conexões em busca de débitos ou atrasos nos pagamentos, quando identificado algum débito acontece o bloqueio automático da conexão do cliente.

Sabemos que isso pode ocorrer por diversos fatores e o quão inconveniente é ficar sem internet, ainda mais quando acontece aos finais de semana.

Por isso oferecemos a nossos clientes o autodesbloqueio da conexão por até 48 horas, isso pode ser feito de forma automática pelo próprio cliente acessando o site da BRPHONIA e clicando em Minha Conta (Não é necessário ter internet para isso).

Para identificar se sua conexão esta bloqueada por débito é necessário que você abra um navegador da internet e faça acesso a qualquer página de um site. Caso a conexão esteja bloqueada você deverá ver uma imagem como:

Nessa etapa você deverá clicar sobre o botão azul (Desbloqueio Provisório) para ter acesso a sua conta, logo verá a imagem a seguir:

Os dados para acesso são os dígitos do CPF (sem pontos e traço) tanto para o login quanto para a senha. Digitando os dados de acesso o usuário devera ver a seguinte tela:

Executa os passos na ordem correta, como demonstrado na figura acima e faça o auto-desbloqueio de sua conexão por até 48 horas, assim você terá tempo de regularizar sua situação e não ficará sem internet.

Qualquer dúvida sobre a execução do procedimento o cliente poderá entrar em contato através dos telefones: (55)2013-0000 ou (55)3513-0012.

 

 

COMO FUNCIONA O WIFI

As redes Wi-Fi fazem uso de ondas de rádio comuns para transmitir as informações de Internet, assim como acontece com a televisão, rádio e celular, por exemplo. Essas redes funcionam através de ondas de rádios transmitidas por meio de um adaptador, o roteador, que recebe os sinais, decodifica e os emite a partir de uma antena, sendo a parte principal do Wi-Fi. Por isso, escolha bem qual roteador irá comprar.

A troca de informações acontece em uma das duas frequências disponíveis pelos governos, a de 2.4 GHz ou a de 5GHz. Quanto mais alta a frequência, maior também a capacidade do sinal carregar um alto número de informações. Mas, afinal, como esses dispositivos se comunicam?

 

Comunicação entre os dispositivos

 A comunicação entre os dispositivos conectados na rede Wi-Fi é feita através do protocolo 802.11, que possibilita a eles reconhecerem as informações uns dos outros. Esse protocolo apresenta variações, a, b, g e n.

O 802.11b tem um custo mais baixo que os demais, utiliza uma frequência de 2.4 GHz e velocidade de até 11 megabits por segundo. Já o 802.11a transmite as informações na faixa 5GHz com velocidade de até 54 megabits por segundo, sendo considerado mais eficiente que o modelo anterior, por ter melhor frequência e velocidade quase cinco vezes mais rápida.

A versão 802.11g é bem mais rápida do que a “b”, apesar de usar a mesma frequência de 2.4GHz. Isso acontece porque ela usa a mesma técnica do padrão “a” de divisão do sinal para evitar interferências, alcançando os mesmos 54 megabits por segundo. Este modelo é o mais encontrado no mercado atualmente. Já o padrão 802.11n é o mais novo e foi criado com o objetivo de aumentar tanto o alcance como o sinal de transmissão e tem limite de até 450 megabits por segundo.

Vantagens e como usar

 Agora que você já sabe como as redes Wi-Fi surgiram, como funcionam e como se comunicam, pode estar se perguntando quais as vantagens de usar esse tipo de tecnologia de rede. A vantagem principal é a capacidade de permitir que computadores e outros dispositivos possam transmitir dados entre si sem a necessidade de fios ou cabos

O melhor lugar para deixar o roteador

O melhor lugar para deixar o roteador é na parte central da casa e com as antenas direcionadas da forma mais espalhada possível. Roteadores com duas antenas podem ter uma apontada para cada lado, lembrando que os locais com maior volume de demanda devem sempre ser atendidos.

A menos que exista um cômodo revestido de azulejos entre o local central da sua casa e os aposentos de maior demanda. Nesse caso, é melhor manter o roteador em alguma área em que não exista esse tipo de obstáculo.

 

Importante:

A capacidade da placa de rede do seu dispositivo interfere muito para uma boa performance na conexão Wifi, pois se a tecnologia da placa for fraca, a conexão Wifi pode ser lenta não chegando plano total contratado. Assim se você conectar em um dispositivo com tecnologia “b” e outro com tecnologia “n”, o dispositivo com tecnologia “n” terá melhor performance na conexão.

Como verificar o funcionamento dos seus dispositivos de internet

A ONU fica com o conector de fibra na porta PON( cabo de cor azul na imagem 01). Evite manusear a fibra, ela é sensível e seu núcleo pode quebrar com facilidade.
Da porta LAN da ONU sai um cabo de rede comum UTP e vai para a porta WAN. (Normalmente de cor Azul) do ROTEADOR WI-FI.

Imagem 01

Ambos tem que estar ligados corretamente na tomada através da fonte correta de cada um deles. A luz “POWER” de ambos devem estar acesas. A luz “PON” da ONU e a luz “LAN” da ONU também. A luz WAN do ROTEADOR deve estar acesa ou piscando. Nunca use o RESET de nenhum dos dois aparelhos. Pois somente um técnico nosso vai conseguir reconfigurar tudo de novo! E normalmente esse serviço é cobrado.

 

VERIFICAÇÃO DO LED LOS DA ONU

Se verificado um led vermelho piscando (conforme imagem 02). Significa que a ONU esta sem comunicação pela fibra óptica. Possíveis causas: fibra rompida, conector interno ou externo da fibra danificado (necessário entrar em contato com a empresa para enviar um técnico para verificar o mesmo.)

 

Imagem 02

 

 

VERIFICAÇÃO DOS LEDS DO ROTEADOR

 

Imagem 03

 

Leds de funcionamento do roteador se o roteador e a ONU estiver funcionando os leds devem estar conforme (imagem 03)

Led 01 – Power (ligado na energia)

Led 02 – Wifi 2.4Ghz (wifi ligado)

Led 03 – Wifi 5Ghz (caso seu roteador tenha tecnologia dual band)

Led 04 – Link (verde conexão com a internet, laranja sem conexão com a internet)

 

 

Dicas para realizar testes de velocidade da maneira correta

1 – Antes de executar o teste de velocidade, é importante verificar se não há nenhum dispositivo dentro da rede que esteja utilizando a internet para realizar downloads ou uploads de dados (atualizações, assistindo a vídeos, baixando conteúdo como programas ou arquivos, carregando imagens/vídeos em redes sociais etc), pois o resultado do teste de velocidade é a banda total disponível no momento.

2 – De preferência realizar o teste a partir de um notebook ou computador que esteja conectado via cabo até o roteador, pois o sinal wifi está sujeito a sofrer interferência de vários fatores, o que prejudica o desempenho da navegação e consequentemente, no teste de velocidade realizado.

3 – Saiba também, escolher um site ou app confiável para realizar o teste, como por exemplo Speedtest.net (Speedtest também possui app para dispositivos móveis).

4 – Existem também limitações nas placas de rede dos dispositivos, placas mais antigas tem sua velocidade de tráfego limitada, dessa forma limitando a velocidade de planos de alta performance (acima de 100 mb).

5 – Se mesmo após seguir todos os passos o resultado do teste de velocidade não estiver de acordo com o plano contratado, entre em contato com nosso suporte técnico através dos telefones (55) 3513 0012 ou (55) 2013 0000 e fale com um de nossos atendentes para encontrar a causa do problema e manter a estabilidade de sua conexão.